Background

Contabilidade sem burocracia,
queremos mudar a vida do
empreendedor brasileiro!
Vamos ser parceiros!
Contabilidade presencial e digital.

Abra sua empresa!
Background

CONHEÇA NOSSAS SOLUÇOES!
Serviços diferenciados para
nossos clientes, facilitando
a vida do empresário desde 1994!

Conheça nossas soluções
Background

CONTABILIDADE DIGITAL
Atendemos diversas empresas
em Araçatuba e Região, aqui você
é atendido por especialistas no
pequeno negócio.

Solicite Orçamento!

Notícias

RJ: Governo do Estado repassa R$ 550 milhões para as prefeituras fluminenses

Recursos são relativos à arrecadação de Royalties, ICMS e IPVA

O Governo do Estado repassou nesta semana R$ 550 milhões para os 92 municípios fluminenses. O depósito feito pela Secretaria de Fazenda refere-se ao montante arrecadado no período de 13 a 17 de junho. Os valores correspondem à distribuição de parte da arrecadação de Royalties do petróleo e dos tributos ICMS e IPVA às administrações municipais.

O total depositado no mês de junho foi de R$ 798 milhões. Desde o início deste ano, ao adicionar as cotas-parte e os repasses relacionados às transferências federais e à receita diretamente arrecadada pelo Estado, os municípios receberam um total acumulado de R$ 8 bilhões.

Os depósitos semanais são feitos por meio da Secretaria de Fazenda, conforme prevê a Lei Complementar nº 63, de 11 de janeiro de 1990. As consultas dos valores dos exercícios anteriores podem ser feitas no Portal do Tesouro do site da Fazenda.

Os valores semanais transferidos aos municípios fluminenses variam em função dos prazos fixados na legislação vigente. Dependendo do mês, pode haver até cinco datas de repasses. As variações destes depósitos oscilam conforme o calendário mensal, os prazos de recolhimento tributário e o volume dos recursos arrecadados. A agenda de recolhimento tributário pelos contribuintes está concentrada no dia 10 de cada mês.

Índice de Participação dos Municípios
Os repasses aos municípios da arrecadação de Royalties do petróleo e dos tributos IPI e ICMS são liberados de acordo com os respectivos Índices de Participação dos Municípios (IPM), apurados anualmente para aplicação no exercício seguinte, conforme determina a Constituição Federal e observado o disposto na Lei Complementar Federal nº 63, de 11 de janeiro de 1990, nas Leis Estaduais nº 2.664, de 27 de dezembro de 1996, e nº 5.100, de 04 de outubro de 2007, e no Decreto Estadual nº 47.664, de 29 de junho de 2021.


Compartilhar


Todos os direitos reservados ao(s) autor(es) do artigo.

Olá!

Escolha alguém do nosso time para conversar.

Escritorio 2M - Atendimento

Escritorio 2M - Atendimento

Atendimento

WhatsApp
WhatsApp